Departamento de Finanças (financas@ceusg.org.br)

18/03/2015 19:34

Compete ao Departamento de Finanças:

a)       Coordenar as unidades operacionais geradoras de renda que forem criadas, tais como: Clube de Arte, Livraria, etc.;

b)       Providenciar fundos para os eventos relacionados aos departamentos do 37º CEU;

c)       Prestar contas nas reuniões mensais do 37º CEU, mensalmente, de todo o movimento financeiro autorizado e realizado.

d)       Apresentar nas reuniões do 37º CEU o Livro Caixa atualizado até o último dia do mês anterior;

e)       Participar como representante do 37º CEU nas atividades do REUNIR IX, no sentido de receber as inscrições do EREU ou outro evento a ser criado, repassando as fichas e numerário para a coordenação geral ou comissão organizadora dos mesmos.

f)        Abrir e/ ou manter conta de poupança em Instituição Bancária, em conjunto com o seu substituto;

g)      Controlar o fluxo de caixa, apresentando os valores das respectivas despesas e receitas geradas no mês anterior, assim como apresentar o saldo de caixa com base no último dia útil do mês;

h)       Providenciar todos os pagamentos relativos à manutenção das atividades do 37º CEU;

i)        Manter um relatório da contribuição mensal das Instituições Espíritas filiadas ao 37º CEU.

§ 1º - Para a realização dos eventos, os responsáveis pela organização podem solicitar, em reunião ordinária, uma quantia referente a um fundo de caixa inicial, quantia esta que deverá ser aprovada pelos conselheiros.

§  2º  -  A  movimentação financeira dos  eventos realizados faz parte do  fluxo de  caixa do  37º  CEU,  portanto os responsáveis  por  estes  eventos  deverão  apresentar  prestação  de  contas  ao  responsável pelo  Departamento de Finanças, sendo devolvida ou requisitada quantias para realização de evento a ser realizado, não sendo permitido controle de caixa paralelo por parte dos diretores de departamentos ou membros de comissões criadas.

§ 3º - Qualquer pagamento deverá ser aprovado em reunião mensal do 37º CEU, salvo situação (ões) emergencial (ais) em que o diretor de finanças ou seu substituto poderá fazê-lo sem prévia autorização do conselho com posterior apreciação na próxima reunião do 37º CEU.

Texto retirado da Resolução do 37º CEU,

disponível para baixar no menu Download